O amor não acaba nas pétalas sobre o mármore frio. Nem em um adeus carregado de lágrimas. Nunca acabará onde um olhar brilha.

Também não se rompe quando a distancia estica. O amor não quebra quando o coração ainda palpita. Jamais acaba se houver a oferecer um perdão.

O amor não acaba quando nas nuvens despencam pesadas gotas d’água. Não acaba com um não. Nunca acabará enquanto houver rastros.

Não acaba na escuridão da ausência ou na imensidão da incerteza.

O amor só acaba onde ele é esquecido.

Anúncios

3 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s