Ser escritor

É aquele que se apodera do que não se sente, do que não se vive. É tomar-se daquilo que não é seu e ser um mentiroso. Repleto de verdades alheia.

É ter o dom de apoderar-se da observação e transformar cada detalhe em letra. Um escritor é quem toma a vida que lhe interessa e transforma-a em eternidade.

É brincar de Deus, criar e matar.

Ter poder de arrancar lágrimas de quem lê, de desesperá-los. É fazer personagens se tornarem pessoas. Poder criar um mundo, fazer dele parte do real. Tornar o inexistente existente fazer maravilhas milagres. E então poder destruir.

Ser escritor é transportar o mundo para palavras. E fazer delas eternas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s