Pai passarinho.

Ele nunca me ensinou a dirigir, eu nunca quis. Preferi aprender a voar e foi isso que ele calmamente me ensinou. Voar com meus sonhos, com minhas vontades… Nunca criticou meus voos, na verdade, sentado no sofá ele admirou cada um deles. Admira até hoje. Meu pai passarinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s