O Duelo

O Duelo.

Anton Tchekhov.

o-duelo-anton-tchekhov-8588603187_200x200-PU6ecbf51e_1

Sinopse: O duelo foi escrito em 1891 e publicado ainda nesse ano no “novo tempo” de Suvorin, por capítulos. Neste livro fluíram as impressões que Tchekhov teve das conversas que teve com um zoólogo nas férias de verão desse ano em Bogimovo, perto de Aleksin. Vladimir Vagner foi o nome do recém-licenciado em zoologia, e um defensor do social-Darwinismo, do direito dos mais fortes, da seleção social. No romance, as posições de Vagner aparecem na boca do zoólogo “von Koren”.*

Autor: Tchekhov nasceu em 1860 e faleceu em 1904 na Rússia. Foi médico e exerceu sua função durante a maior parte de sua carreira como escritor. Iniciou sua carreira como escritor por questões financeiras. Foi considerado como um dos principais contistas, além de contos, Tchekhov também escreveu para o teatro.

Resenha: Esse foi meu primeiro livro do Tchekhov, e de cara me encantei com seu jeito de escrever, descrever personagens e narrar. Posso dizer que ele mudou minha maneira de ler e entender literatura.

A história se passa em uma pequena cidade. O ponto principal da história são os personagens Láevski e Nadejda Fiódorovna, eles são um casal “diferente”, pois Nadejda é casada e largou o marido para fugir com Láevski. Este faz a pose de bom vivant, gosta de jogar cartas, aproveitar a vida.

O livro começa com Láevski já “de saco cheio” da vida em uma cidade pequena, monótona e sem graça. Para se libertar dessa monotonia toda ele quer se “livrar” da mulher.

Em paralelo conhecemos o zoólogo Von Koren, que mostra-se uma boa pessoa que está de passagem pela cidade para seus estudos. Tem amigos lá, se da bem com todos, mas não suporta o comportamento de Laiévsk.

Inicialmente o livro narra o dia a dia do lugar, a rotina de cada um dos moradores. Mas o livro começa a se tornar mais agitado depois dos primeiros capítulos, percebemos a verdadeira natureza de Nadejda, e seus atos fazem toda a diferença no decorrer da história. Além disso, tem o ponto de desenrolar da história, o duelo.

Esse é um conto longo de Tchekhov, tem 21 capítulos, não tão extensos, mas bem carregado de informações. Como parte de sua personalidade literária O Duelo mostra o homem como foco e suas fraquezas internas.

*Sinopse retirada do site Skoob (http://www.skoob.com.br/livro/20584-o_duelo)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s